A Primor estabeleceu mais uma parceria para o desenvolvimento de um novo projeto de investigação, projeto Extrasliced45, desta vez com duas empresas e duas instituições do sistema científico nacional, com competências específicas e complementares na concretização do objectivo do projecto.

ExtraSliced45

Entidade promotora
PRIMOR CHARCUTARIA – PRIMA, S.A.
Ano

2014-2015

Copromotores
Universidade de Aveiro
Apoios
FEDER
POFC
QREN

O EXTRASLICED45 é um projeto que visa incrementar a capacidade de inovação

O EXTRASLICED45 é um projeto que visa incrementar a capacidade de inovação da PRIMOR na gama dos produtos fatiados extrafinos (EXTRASLICED) à base de carne de porco e aves, tirando partido do desenvolvimento de uma embalagem ativa que permita alargar o tempo de vida útil destes produtos para 45 dias. Assim, a aplicação deste tipo de embalagem, através da incorporação de nanopartículas no filme multicamada que permitirá o aumento do teor de absorção de humidade e o aumento das propriedades barreira do filme multicamada em complemento com a otimização da atmosfera ótima no interior da embalagem, é o principal objetivo do presente projeto.
Como objectivo secundário pretende-se igualmente reduzir o peso e o volume da embalagem de forma a reduzir os custos de distribuição bem como contribuir para uma maior sustentabilidade ambiental.

Enquadramento

Os produtos de charcutaria, cozidos ou fumados, fatiados ou em pedaços, estão a tornar-se artigos de conveniência, com um relevo comercial crescente. Contudo, têm tempos de validade comercialmente mais curtos do que os produtos similares não fatiados, dada a proliferação microbiana mais facilitada.
A tecnologia de alta pressão permite pasteurizar alimentos em condições atérmicas, i.e., à temperatura ambiente ou a frio, i.e., a temperaturas de refrigeração), por destruição microbiana, sem afetar a qualidade dos produtos processados, permitindo no caso dos produtos acima descritos, aumentos consideráveis do prazo de validade comercial.

O projecto EXTRASLICED45 enquadra-se no âmbito da tipologia de projectos I&DT em Co-Promoção, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Factores de Competitividade (POFC), do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional – Sistema de Incentivo à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, ascendendo o investimento a € 850.968, tendo obtido um incentivo de € 548.911.